10/jul/2012

Sessão da Tarde

por Luciana Micheletti

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

Depois de um feriado em plena férias de Julho, nada melhor pra assistir filmes. Concordam?!

Sou da década de oitenta, ouvi muito Culture Club, assisti E.T. e brinquei de Atari. Num momento de pura nostalgia cinéfila, elegi meu top 10 dos 80 – os filmes que mais marcaram minha infância e adolescência.

Vale a pena ver de novo!! 

O meu primeiro eleito não poderia ser outro, E.T. o Extra-Terrestre.

Eu me lembro exatamente do dia em que eu fui ao cinema ver esse filme, estava de férias no Guarujá, eu e minhas amigas fomos ao cinema. Chorei muito no filme e fiquei encantada pela loirinha da Drew Barremore.

Segundo eleito (1984), como eu gostei desse filme – Footloose. Impossível, ficar parada quando tocava a música. Eu fiz a minha mãe comprar o disco e não parei mais de ouvir ele durante meses, fiquei totalmente monotemática.

* Ah, não posso deixar de falar de duas pessoas que trabalharam no filme. Primeiro, Sarah Jessica Parker…hoje minha musa fashionista que nesse filme, era um patinho feio. Segundo, o galã Kevin Bacon…aiiiii (momento suspiro), como eu achava ele lindo!

Meu terceiro escolhido foi o (também) dançante Flashdance, de 1983.

Fiz coreografia e tudo pra dançar no colégio e não foi à toa que meu amigo Cássio, passou a me chamar de Flashinha.

Meu quarto eleito é de 1984, o filme Karatê Kid com o ídolo teen, Ralph Macchio.

Quem foi apaixonada por ele levanta a mão?!! TODAS!!

Quinto, Tudo Por Uma Esmeralda de 1984.

Eu achava a atriz Kathleen Turner maravilhosa, ficava encantada com a sua beleza. Isso sem contar que o galã do filme era o ator Michael Douglas, não menos lindo.

Sexto, Entre Dois Amores de 1985 com Meryl Streep e Robert Redford, conta a história de um relacionamento amoroso entre uma baronesa e um caçador, em pleno continente Africano.

Lindíssimo.

Sétimo, De Volta Para o Futuro de 1985…esse é um super clássico dos anos oitenta, o máximo da ficção na época.

Além, da consagração do ator Michael J.Fox no papel de Marty McFly, o filme é sobre um adolescente que vive no ano de 1985 e  volta para o ano de 1955, para ajudar a família.

Meu oitavo filme escolhido foi Rain Main, de 1988.

Eu lembro o quanto eu fiquei impressionada, com a atuação dos atores Tom Cruise e principalmente de Dustin Hoffman, que fazia o papel de um autista.

Nono, Carpe Diem virou meu lema na época, depois de assistir Sociedade dos Poetas Mortos de 1989.

Robin Wilians, o dedicado professor de literatura virou o meu ídolo.

Décimo, Conduzindo Miss Daisy de 1989.

Um filme poético e sensível, que conta a história de uma linda e improvável amizade, entre um motorista negro e uma senhora cheia de preconceitos.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=5I5MkrMzAs8]

0 Comentários

Deixe o seu comentário!